Bones X Calcium

Postado por Susan em 19/jul/2019 - Sem Comentários

The bones are the structure of our body and need attention, especially when we get older. A very common condition that takes, especially in women is Osteopenia or Osteoporosis, that is a condition that leaves our bones weaker. An important point to avoid the weakening of bones is about the daily calcium intake, and this is a discussion nowadays because we have been told in the last year that we need to take a good portion of milk to have our daily calcium consumption adequate.

But this is not correct, we already know that the calcium that we get from milk doesn’t have enough magnesium.

Magnesium is an important mineral that helps calcium to absorb in our bones because magnesium leaves the ph blood alkaline, and that is an important point for the correct calcium metabolism in the bones. The problem of having too much milk is that calcium can go to the wrong place because milk leaves the ph blood more acidic, and this is a problem because the calcium can be deposited in the joints, arteries, and veins. The right calcium we can have is from vegetables, especially broccoli and dark leafy greens, this kind of vegetables have a good portion of calcium with magnesium, that is, it has a good relationship between these two minerals which act in synergy. This causes the calcium to go directly into our bones. This can be prevention to cardiovascular diseases because that calcium that reaches the arteries and veins can cause calcification and consequently, the formation of the atheroma plaque.

To avoid bone diseases we need to have a lot to vegetables a day, this is an important point, but also need to avoid food that leaves the ph blood acid, like sugar, refined flours, a lot of salt, a ton of coffee, soda and ultra-processed food.

NORI Seaweed Snack Rolls

Postado por Susan em 24/maio/2019 - Sem Comentários

NORI Seaweed Snack Rolls

#Vegan

 

It is very delicious with an unexpected mixture of incredible flavors — a great option of salty snacks or even for a meal.

 

Health benefits:

Good source of iodine

 

Ingredients:

Dried Seaweed

Nut sauce for example peanut butter

Shoyo soy sauce (without gluten or additives)

Raw or sautéed mushrooms cooled

Sliced onions

Steamed vegetables (cooks choice)

Tofu

 

Creating:

Take Seaweed and layout

Put paste on to hold ingredients. Leave a tab at the end to wrap to the other side of the roll.

Add a little bit soy sauce, mushroom, sliced onion together

Put on paste

Add steamed vegetables and tofu

Roll up seaweed starting from filling side

 

Cook:

Pre heat oven for 200 degrees. In a baking dish add small amount of water, olive oil, and sesame.

Bake for five minutes

 

Note: can be eaten raw without baking

Chocolate Popsicle

Postado por Susan em 24/abr/2019 - Sem Comentários

Chocolate Popsicle

#Vegan #Non-dairy

 

This recipe is super easy to create and does not lose the great Chicabon flavor.

 

Ingredients:

1 cup of coconut milk (can use a good quality powder that is diluted in warm water)

1 teaspoon rice flour

1 tablespoon xylitol

½ bar of melted cocoa (prefer 70% cocoa chocolate bar)

1 tablespoon of cocoa powder

3 tablespoon extra soft tofu

 

Creating:

Heat coconut milk with rice flour and xylitol until it thickens

Beat in melted cocoa and powder cocoa and extra soft tofu

Note: If you want more the popsicle – additional sweet add more xylitol

Pour mixture into popsicle molds

Freeze

 

Enjoy delicious popsicles

Saúde no verão

Postado por Susan em 29/nov/2012 - 1 Comentário

Não é nenhuma novidade dizer que em cada estação do ano é necessário um tipo de alimentação mais adequada ao clima. No inverno devemos consumir quantidades maiores de alimentos energéticos, para a reserva natural de calor em nosso organismo. Já no verão é o processo inverso. É preciso cuidado com a saúde nesse período, quando o calor intenso retarda o metabolismo e a retenção de líquidos no organismo se transforma em um grande problema.

Para ter um verão tranqüilo, selecionamos algumas dicas para não sofrer com as conseqüências do clima mais quente.

– Beber muita água para manter o corpo hidratado sempre


– Dar preferência aos alimentos integrais


– Aumentar o consumo de frutas cítricas, como abacaxi, morango, kiwi


– Beba sucos naturais, especialmente de limão ou abacaxi com hortelã


– Prefira os picolés à base de frutas


– Consuma vegetais frescos e cozidos no vapor


– Aumente o consumo de peixe de água salgada


– Opte por pratos bem coloridos


– Evite o consumo de açúcar


– Prefira as frutas como sobremesa

Fonte: Melz Assessoria de Imprensa: Susan Tribess

Manteiga X Margarina

Postado por Susan em 20/nov/2012 - Sem Comentários

Pãozinho com margarina ou manteiga é um clássico nacional. Quando acompanhado de café com leite então, se torna figurinha carimbada na mesa dos brasileiros. Mas na hora de escolher entre um dos dois, é muito comum surgir a dúvida: o que é mais saudável?

A manteiga possui colesterol e gorduras saturadas, pois é feita a partir da gordura do leite. Já a margarina é obtida por meio da hidrogenação parcial de óleos vegetais ricos em gorduras insaturadas, ou seja, gordura trans.

Com as descobertas sobre os males da gordura trans para saúde, a indústria modificou a composição da margarina adicionando gorduras interesterificadas, também prejudiciais à saúde. Estudos mostram que esse tipo de gordura pode aumentar os níveis de glicose no sangue favorecendo o desenvolvimento de um diabetes, por exemplo.

Listei abaixo algumas vantagens de consumir a manteiga ao invés da margarina

– Optar pela margarina aumenta em até 53% o risco de desenvolver doenças coronarianas especialmente em mulheres,

– A margarina aumenta o risco de desenvolver câncer em até cinco vezes,

– A margarina aumenta o colesterol total, diminui o HDL (“bom” colesterol) e aumenta o LDL (colesterol “ruim”),

– A manteiga da terra (aquelas mais naturais) tem ação antifúngica e, ao contrário do que se pensa não aumenta o colesterol,

– A manteiga é rica em ômega-6, um tipo de gordura benéfica ao organismo,

– A manteiga aumenta a absorção de alguns nutrientes presentes em outros alimentos como, as vitaminas A, D, E e K.

Sem desculpa para não comer

Postado por Susan em 14/nov/2012 - Sem Comentários

Há quem ame e quem odeie. A rúcula é daquele tipo de alimento que não tem meio termo, porque ela possui gosto e cheiro bem característico.

Ela possui diversos benefícios em favor da saúde. Entre eles, auxilia na prevenção de inflamações do intestino, como a colite e facilita ainda todo o processo digestivo. Ela é rica em ômega-3, ácido graxo reposnsável por manter os vasos sanguíneos saudáveis. Contem também ferro, que afasta a anemia, potássio, que participa das contrações musculares, vitamina A, ótima para olhos cansados, para a pele, unhas e cabelo e também vitamina C.

Para quem gosta, ela é excelente para uma bela salada de folhas. Acompanhada de um arroz integral, feijão e grelhado, forma um combo nutritivo para uma refeição.

Para quem não gosta, vale caprichar nas invenções para consumir. Misturá-la com suco de laranja no liquidificador é uma boa alternativa. Outra dica é essa pizza de rúcula com tomate seco. Será que tem alguém ainda que vai inventar desculpas para não inserir esse alimento na dieta?

Pizza de rúcula com tomate seco

Massa:

1 disco de pizza de massa integral (massita/ pavioli/ wickbold) ou 1 disco pão sírio ou 1 massa de rap10 integral.

Ingredientes:

3 xícaras de rúcula rasgadas em tiras
½ xícara de tomate seco picado
1 e ½ xícara de molho de tomate (pode ser o molho pronto da hemmer ou preparado com tomates sem pele e semente)
200g de mussarela de búfala de preferência (ou mussarela light)
Modo de preparo

Espalhar o molho sobre a massa, deixando 2 cm de borda, cobrir com a mussarela, levar ao forno e deixar por 5 minutos ou até a massa ficar levemente dourada e a mussarela derreter. Retirar, distribuir a rúcula e o tomate seco, polvilhar com sal e sirva.

Fonte: Melz | Assessoria de Imprensa: Susan Tribess

Benefícios da banana

Postado por Susan em 09/nov/2012 - Sem Comentários

Ela é quase tão brasileira quanto carnaval e futebol. A banana é um daqueles alimentos que está presente desde o início da vida, nas papinhas dos bebês. O fruto da bananeira é uma opção perfeita para matar aquela fome que teima em aparecer fora de hora, porque prolonga a sensação de saciedade. Além disso, ela é fonte de fibras, potássio, triptfano, fósforo, cálcio, magnésio e vitaminas A, C, B1, B2 e B6.

Na prática, o estoque de potássio ajuda no controle da pressão arterial, evita câimbras e dores musculares. Já o triptofano não só previne como trata a depressão, pois atua na produção de serotonina, o hormônio do bem-estar.

Banana-maçã, nanica, prata, ouro ou da terra, não importa qual seja a aescolha. Todas apresentam as mesmas propriedades nutricionais. A única diferença pode ser encontra no aroma, na textura e no sabor deles.

Bolo Integral de Banana

Ingredientes

6 claras
1 copo de sucralose (linea) ou açúcar mascavo ou frutose
1 ½ copo farinha de trigo integral
¾ copo d aveia em flocos grossos
1 pote iogurte natural desnatado
½ xícara de óleo
canela
4 unidades de banana
1 colher sobremesa cheia fermento químico
Modo de fazer

Bater o açúcar e o óleo, acrescentar as claras e depois a farinha, a aveia, o iogurte. Se necessário acrescentar um pouco de água. Acrescentar o fermento e mexer levemente. Colocar em forma previamente untada, acrescentar rodelas de banana entre a massa do bolo. Se desejar, polvilhar um pouco de canela em pó. Assar por aproximadamente 30 minutos em fogo médio.

 

O que comer antes e depois da atividade física

Postado por Susan em 30/out/2012 - 1 Comentário

Estamos em um período do ano em que é comum as pessoas começarem a fazer exercícios físicos para chegarem ao verão com um corpo mais definido. Para não fazer todo o esforço ir por água a baixo, a dica básica é cuidar com o que come antes e depois da atividade.

Antes do exercício é importante consumir carboidratos suficientes para manter a glicose e energia durante a prática. A ideia é sempre manter ou ganhar massa muscular. O que comer vai depender do horário em que a atividade física será realizada. Caso a pessoa tenha feito uma refeição nas três horas que antecedem a atividade (como almoço ou jantar) vai precisar de uma carga pequena de carboidratos como por exemplo, uma fruta, biscoito integral, suco de fruta ou suplemento de maltodextrina. No caso de ter feito a refeição há mais tempo, o ideal é consumir uma quantidade mais alta de carboidratos como pão integral, banana com aveia e mel, arroz integral ou batata doce. A quantidade de cada alimento depende da constituição física de cada um e também da intensidade do exercício que será praticado.

Depois da atividade o corpo necessita de proteína + carboidrato. A proteína irá fornecer os aminoácidos que o organismo precisa e ainda irá reconstruir e fortalecer a massa muscular lesionada. Uma boa fonte dessa substância pode ser uma omelete com algumas claras. Carnes magras em geral, castanhas e sementes também são boas opções, porém fracas para quem busca hipertrofia. Outra alternativa é o Whey Protein isolado.

O carboidrato no pós-treino também é importante. Ele evita o catabolismo muscular, potencializa a utilização da proteína consumida para a real função dela e evita a alimentação exagerada nas horas seguintes ao término da atividade. A dica é escolher uma fonte de carboidrato com fibra saudável. Algumas opções: omelete com pão integral, arroz integral com carne, frutas com iogurte natural e castanhas ou sementes.

 

Fonte: Melz | Assessoria de Imprensa: Susan Tribess

As diferenças entre pão branco e integral

Postado por Susan em 24/out/2012 - Sem Comentários

No último sábado (20) o Jornal do Almoço de Blumenau exibiu uma matéria sobre o aumento do consumo do pão integral na cidade, conforme o vídeo abaixo.

Mas será que todo mundo sabe a diferença entre o pão branco e o integral?

Eles se diferem não só pela cor. O branco leva farinha de trigo que passa por um processo de clareamento e refinamento. Já o integral é feito com a farinha de trigo que não passa por esse processo. Como resultado, ele mantém a casca do trigo, rica em fibras e que, entre outros benefícios, ajuda a regular o intestino e controlar o colesterol ruim.

O pão integral é mais calórico do que o com farinha branca. Contudo, ele garante saciedade por mais tempo e proporciona diversas vantagens para a saúde.

Clique na imagem para ver o vídeo

Fonte: Melz | Assessoria de Imprensa: Susan Tribess

Aliada do coração

Postado por Susan em 16/out/2012 - Sem Comentários

No Dia Mundial da Alimentação, resolvi dar uma dica de um alimento que não é o queridinho de todos, mas que pode trazer vários benefícios para a saúde. Por trás da aparência pouco atraente, a abobrinha é uma ótima fonte de niacina, vitaminas do complexo A e B e ainda potássio, fósforo, cálcio, sódio e magnésio. Apesar de fazer muita gente virar a cara, se bem preparada, pode cair no gosto e ser o ingrediente base para vários pratos.

Graças à quantidade de potássio, ela é ótima para controlar a hipertensão, contribuindo para que seja garantida a elasticidade das artérias e, com isso, uma pressão equilibrada.

O alimento é um grande aliado do coração e ainda dá uma forcinha extra para os ossos. É também uma excelente opção para as mulheres grávidas, já que contribui para o desenvolvimento do feto.

Há diversas maneiras de consumir a abobrinha. Ela pode ser ralada crua como salada, pode ser assada, cozida ou refogada. Eu separei uma receita de pizza feita com a abobrinha que pode ser uma alternativa para inserir o alimento no cardápio de casa.

Pizza de abobrinha

Massa:

1 disco de pizza de massa integral (massita/ pavioli/ wickbold) ou 1 disco pão sírio ou 1 massa de rap10 integral.

Ingredientes do recheio:

molho de tomate (hemmer)
400g de mussarela light ralada
200g de presunto de peru light
3 abobrinhas
3 tomates maduros
orégano
Modo de preparo

Disponha o disco de pizza em uma fôrma, coloque o molho de tomate. Acrescente o queijo, o presunto, as abobrinhas e os tomates em rodelas. Por último o tomate e o orégano. Leve ao forno. Retire da frigideira ou do forno e sirva.

 

Fonte: Melz | Assessoria de Imprensa: Susan Tribess